segunda-feira, 13 de março de 2017

Casa de Santar tinto reserva 2005


É daqueles clássicos que nos obrigam a...nem sei para que me canso. É que nem me apetece dizer o que quer que seja. Estou cansado, exausto, desmotivado... hoje não estou disposto a expor apreciações, avaliações ou pontuações (aliás, nunca dei pontuações aos vinhos). Se querem saber ao que cheira, ao que sabe e a cor dele comprem. Eu digo-vos onde comprei... Para que vos interessa o terroir? Sabem o que isso é ao menos? Que vos interessa a minha prova? A cor granada médio com indícios da idade, para que vos interessa? O facto de ser inicialmente fechado no nariz e algo concentrado na boca e ter evoluído ao longo da refeição, interessa-vos para alguma coisa? A fruta vermelha, as especiarias, as notas a barrica, a frescura, os taninos firmes e finos, o final concentrado e médio, digam-me, interessa-vos para quê? Por acaso lêem até ao fim o que vos escrevo neste blog ou só vêem as imagens? Se vos emprego termos técnicos dizem "oh lá está o gajo armado em expert"; se utilizo vocabulário simples "coitado não percebe nada disto,mais valia analisar o bouquet dum rissol"...
Tenho quase a certeza que só olham para as imagens. Tal a abundância de comentários...
Imaginem aqueles gajos que vão comprar o jornal aos domingos? Agora imaginem estes mesmos gajos a folhear o jornal e ao fim de meia hora já estão de boca aberta a ressonar com o jornal na última página... digam lá,não seremos todos assim?
Não seria mais fácil para mim e para vocês colocar uma imagem e dizer apenas Gostei ou Não Gostei? Por exemplo, deste Casa de Santar tinto reserva de 2005 gostei

Ricardo Soares

Sem comentários:

Enviar um comentário